Notícia

Fetrancesc quer revisão do Modercarga

20/01/2009

Florianópolis, 28.01.04 ? A Fetrancesc (Federação das Empresas de Transportes de Cargas de Santa Catarina) enviou sugestão à ABTC (Associação Brasileira de Transportadores de Cargas) para que solicite ao presidente Luís Inácio Lula da Silva, uma avaliação do Projeto Modercargas, lançado na semana passada com a finalidade de renovação da frota nacional de caminhões. O diretor-executivo da Fetrancesc, Pedro Lopes, a reclamação do setor de transportes é que o programa não traz nenhuma vantagem comparado com o modelo anterior. Alguns itens até ficaram piores, ressalta Lopes. Ele cita como exemplo: os juros no plano antigo eram em torno de 13% e agora passaram para 17%. Antes, quem adquirisse o veículo, poderia financiar 90% do valor em 72 meses para quitá-lo. Agora só pode financiar 70% em 60 vezes. E a conseqüência desse Modercarga: a renovação da frota de caminhões , que tem em média 18 anos de vida, levaria 36 anos, tempo que os veículos estarão completamente sucateados. O Modercarga, programa do governo para o financiamento da compra de caminhões novos e usados e tem à disposição a verba de R$ 2 bilhões que será liberada via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) a partir de fevereiro. Fonte: Imprensa Fetrancesc