Notícia

Campanha contra o álcool nas estradas

20/01/2009

Florianópolis, 20.9.04 - Ivana de Souza Fraga morreu aos 22 anos quando seu carro foi atingido por um caminhão que estava na contramão, no trecho Sul da BR-101, em Paulo Lopes. Desde aquele dia, sua mãe, Dilza Fraga, acredita que a carnificina no trânsito só vai diminuir quando as ações de conscientização chegarem, também, aos motoristas de caminhão. Seu desejo já está saindo do papel e ganhando as estradas do Sul do país. Quem transitar pelas estradas gaúchas - e, em breve também nas catarinenses - verá, nos maiores postos de combustíveis a campanha "Vida Urgente nas Estradas". A presidente da Fundação Thiago Gonzaga, Diza Gonzaga, explica que voluntários da entidade vão fazer blitzes educativas junto aos motoristas de caminhões. A empresa D.M. Transportes Internacionais cederá uma carreta gigante para o trabalho, que será decorada com as borboletas, símbolo da campanha. Borboletas na estrada para relembrar as vítimas O bate-papo com os motoristas visa dissuadi-los de ingerir bebidas alcoólicas durante as refeições enquanto estiverem na estrada e, também, a respeitar os veículos de passeio. O programa começa nesta quinta-feira, dentro das comemorações da Semana Nacional do Trânsito. Ruas e avenidas de Porto Alegre já estão recebendo a pintura de grandes borboletas no chão, nos locais onde jovens perderam a vida em acidentes de trânsito. - É uma forma de, ao mesmo tempo, embelezar nossas cidades e, principalmente, lembrar que naquele local um jovem perdeu a vida provavelmente por imperícia dele ou de quem dirigia o automóvel- diz Diza. Os pais de Ivana também vão pintar uma borboleta em homenagem à filha, mas como o acidente foi na BR-101, eles optaram por fazer o desenho na SC-434, conhecida como estrada-geral de Garopaba, rodovia que Ivana usava diariamente para ir de Garopaba a Florianópolis, onde cursava a faculdade de Turismo.