Notícia

Vice-presidente da Fetrancesc toma posse na diretoria da CNT

28/03/2019

Foi realizada nesta quarta-feira, 27 de março, a cerimônia de posse da nova diretoria da Confederação Nacional de Transporte (CNT) e do novo presidente da CNT, dos Conselhos Nacionais do SEST e do SENAT, e do Instituto de Transporte e Logística (ITL), Vander Costa. O vice-presidente da Fetrancesc, Dagnor Schneider, assumiu um cargo na diretoria da entidade.

O evento contou com a presença de lideranças do setor e autoridades do executivo, legislativo e judiciário. A bancada de Santa Catarina na Câmara dos Deputados foi representada pelos deputados federais: Darci de Matos, Carlos Chiodini, Celso Maldaner e Edinho Bez.

Para o presidente da Fetrancesc, Ari Rabaiolli, a indicação de Schneider é motivo de orgulho para o Transporte Rodoviário de Cargas de Santa Catarina. “É com grande satisfação que o setor catarinense será representado pelo nosso vice-presidente. Com a experiência dele na diretoria da CNT teremos muitas conquistas e resultados para o transporte”, destacou.

De acordo com Dagnor Schneider, participar da Diretoria  da CNT será um desafio. “Seremos responsáveis em conduzir os destinos da entidade pelos próximos quatro anos e representaremos os empresários de SC”, falou.

Novo presidente – Em seu discurso de posse, o novo presidente da CNT, Vander da Costa, falou sobre a importância em suceder Clésio Andrade. “Não tenho dúvida em afirmar que o presidente Clésio deixa o melhor e mais completo acervo de informações sobre o transporte no Brasil. Nosso desafio é manter e aprimorar as ações já realizadas”, destacou.

Vander também comentou que o primeiro desafio da sua gestão será defender o Sistema S. Para ele há muito o que fazer e melhorar, mas com os cortes dos benefícios não será possível avançar.

Os líderes do transporte em SC acreditam que a posse de Vander é um grande marco. “Creio que teremos novos tempos no Sistema S, principalmente pela transparência e profissionalismo que o Vander tem.”, comentou Ari Rabaiolli. Já para Dagnor Schneider essa renovação no comando da CNT é um marco histórico para o setor. “Sem dúvidas, essa nova gestão vai aproximar o setor dos empresários do transporte”, destacou ele.

Também na noite desta quarta-feira, foi entregue  a Ordem do Mérito do Transporte Brasileiro, conhecida como Medalha JK a 15 personalidades. Instituída em 1991, a Medalha é a expressão de agradecimento e reconhecimento da CNT a quem faz o transporte acontecer no Brasil.