Blog

Gestão empresarial durante o Coronavírus

Image title
Por Priscila Zanette, diretora da Ouro Negro Transportes

O impacto causado pelo coronavírus já é sentido por todos os segmentos da economia, as medidas restritivas dos governos para frear a contaminação resultaram em uma diminuição significativa no setor de transporte de cargas. Segundo o mais novo estudo da NTC&Logística, o volume de cargas transportadas pelo Brasil teve uma queda de 40,47% desde o dia 16 de março, quando a pesquisa começou a ser feita.

Acredito que o momento pede troca de informações e ajuda mútua em todo o setor de transporte de cargas. Por isso, listei 4 pilares na gestão empresarial que na minha visão serão importantes para mantermos nossas empresas e conseguirmos nos reabilitar de forma rápida na retomada que ainda virá.

1. Faça um estudo para avaliar o movimento do seu negócio:

A crise trazida pela covid-19 é algo inédito para nós, precisamos nos concentrar em acharmos soluções diante das oportunidades que nos foram apresentadas. Mas, primeiramente você deve entender o que foi mais afetado na sua empresa, o quanto seu movimento caiu e quais serão os próximos passos para o enfrentamento da crise. Um meio importante de tomar decisões com maior eficiência nesse momento é criar um comitê de crise multidisciplinar, com profissionais de diferentes áreas que conhecem o dia a dia da empresa e estejam comprometidos em auxiliar e manter o seu negócio funcionando apesar das dificuldades.

2. Utilize o caixa de maneira estratégica:

É de fundamental importância calcular o quanto o caixa da empresa poderá ajudar e quais serão as maneiras de utilizá-lo. Para isso, você deve analisar, juntamente com o comitê de crise, diferentes perspectivas para o curto, médio e longo prazos.

Procure renegociar dívidas maiores, reduzir custos não estratégicos da empresa, analisar os relatórios e indicadores financeiros e administrar preços dos produtos e serviços da empresa.

3. Gestão de pessoas:

Sabemos da dificuldade do momento, mas se possível, evite demissões. O momento é passageiro e quando as operações voltarem ao normal, será bom ter mantido o maior número de profissionais possíveis.

Além disso, caso você sofra um impacto muito grande em um setor específico da empresa, mas tenha outra funcionando regularmente, remaneje seus funcionários e processos, a palavra chave para o momento é adaptação, todos precisam estar cientes disso para que a crise tenha o menor impacto possível dentro da empresa.

4. Utilize a comunicação:

O momento é favorável para demonstrarmos a importância do setor de transporte e logística para a economia nacional. Mesmo com quase tudo fechado, as empresas de transportes foram autorizadas a manterem seus negócios e continuarem movimentando o Brasil. Faça que as informações corretas cheguem no público de interesse.

Fortaleça a imagem da sua empresa, se possível participe de ações sociais que contribuam para a sociedade. Essas iniciativas fortaleceram a sua empresa no longo prazo.