Notícia

Fórum regional pela defesa da vida no trânsito

20/01/2009

Florianópolis, 25.2.05 - Estiveram reunidos ontem, na Confederação Nacional dos Transportes (CNT/Sest/Senat), em Florianópolis, representantes de órgãos municipais, estaduais e federais envolvidos com trânsito, para oficializar a criação do Fórum Regional da Grande Florianópolis para a Preservação da Vida no Trânsito. A iniciativa reuniu representantes municipais gestores de tráfego, polícias rodoviárias Estadual e Federal, Detran, Denit, Conselho Estadual de Trânsito e UFSC. Eles realizarão encontros a cada 45 dias, com o objetivo de promover estratégias que previnam e reduzam o número de acidentes de trânsito nos municípios da região metropolitana. O coordenador de projetos especiais do Ministério dos Transportes, Waldemar Fini Júnior, participou da sessão de "inauguração" do fórum. Ele apresentou os trabalhos que realiza e os que pretende desenvolver à frente de sua coordenadoria e recebeu proposta para a formalização de dois projetos pilotos. Criação de uma central de informações Um deles seria a criação de uma central de informações de acidentes para facilitar a busca por informações sobre as vítimas. O outro projeto é o Sistema de Informação de Mortes no Trânsito. Segundo o coordenador do fórum e gerente da CNT/Sest/Senat, João Alfredo Brodt, o Simat só não está operando porque parcerias ainda estão sendo firmadas O custo deve chegar a R$ 370 mil. A idéia é do professor Fernando Machado, da UFSC, que recebeu apoio de Waldemar Fini Júnior. Fonte: Diário Catarinense